Tag Archives: Pedro Proença

Falsas perturbações desnecessárias

O Sport Lisboa e Benfica já está a caminho da bela cidade do Porto para defrontar amanhã o seu mais directo rival, num encontro da maior importância para a Liga desta época. Jogadores e equipa técnica estão altamente concentrados para mais uma final e querem todos sair do fim do jogo com pontos conquistados.

Desde que se soube que Pedro Proença iria arbitrar o jogo do Benfica que muitas pessoas já começaram a falar do habitual: que vai ser um “show de roubo” por parte da equipa de arbitragem, que o Benfica vai ser castigado com isto e com aquilo, que já não vamos ter hipótese nenhuma, etc, etc.

Bandeira branca do SLB

Meus amigos, vamos deixar o que se passou no passado… no passado, e vamo-nos concentrar no presente. É verdade que este árbitro já prejudicou o Sport Lisboa e Benfica em várias situações, ao longo de vários anos, mas não deixemos que isso prejudique a nossa concentração e motivação para o jogo.

O Benfica vai para o jogo com a intenção de ganhar, como sempre vai para todo e qualquer jogo, e estas “falsas perturbações” só servem para desviar a equipa do seu objectivo. A nossa moral tem de estar em alta porque continuamos em 1º lugar, estamos em (mais) duas finais (uma é europeia) e temos um excelente grupo de jogadores que tem dado tudo por tudo para ganhar todos os jogos. Além disso, temos o melhor treinador em Portugal.

Declarações impróprias

O sr. Pedro Proença veio à imprensa dizer que na realidade ele é um benfiquista assumido, e que não vê que isso seja impeditivo de fazer o seu trabalho dentro dos relvados. Não condeno de forma alguma o facto dos árbitros gostarem ou serem adeptos de clubes de futebol. São seres humanos como o resto de nós, têm sentimentos, têm desejos, por isso não me espanta nada que sejam adeptos de clubes.

O que me deixa um pouco incomodado é o facto de virem a público dizer isso mesmo, quando sabem que em Portugal os adeptos não têm uma boa opinião dos árbitros em geral, devido aos grandes problemas das arbitragens desde à vários anos, e fazer tal coisa só serve mesmo para colocar mais lenha na fogueira, como se costuma dizer. É algo pouco ou nada profissional e, de certa forma, uma falta de respeito para com todos os outros árbitros e mesmo adeptos.

Logo Liga Portuguesa

Devido à profissão que têm, sou da opinião que os árbitros devem manter a sua tendência clubística para si, ou para dentro de suas casas, para que se possam evitar este tipo de “problemas”. Talvez a Federação ou Sindicato dos Árbitros possa dar muito mais atenção a casos destes e fazer algo para mudar a arbitragem em Portugal.

No Sábado, caros benfiquistas, o Sport Lisboa e Benfica vai entrar para ganhar, não tenham a mínima dúvida!

Força Benfica! Onda Positiva!

Árbitros Procuram-se em Portugal

O mais recente episódio entre Sport Lisboa e Benfica e o árbitro internacional português Pedro Proença, no jogo entre os encarnados e o Nacional da Madeira, realizado no Domingo passado, é apenas mais uma das já muitas nódoas que a toalha do futebol português tem.

Como adepto de futebol, tenho que aceitar a decisão de Pedro Proença em expulsar Oscar Cardozo, depois deste ter dado um pontapé na barriga da perna do jogador madeirense, quando este estava claramente a perder tempo, ocultando a bola do avançado paraguaio.

Proença v SL Benfica

O comportamento de Oscar Cardozo após a mostragem do cartão vermelho, puxando a camisola de Pedro Proença, foi uma atitude estúpida e evitável. Foi uma atitude de frustração, de desespero, para poder entender o porquê de ter sido expulso. No entanto, Pedro Proença poderia ter tido uma atitude também ela mais ponderada e pensada. Senão vejamos.

O jogador madeirense estava a perder tempo deliberadamente, o que por si só, é uma atitude anti-jogo. Frustrado por o adversário não soltar a bola, Cardozo pontapeia a perna do mesmo, para que o obrigue a deixar a bola, para poder executar o pontapé de canto que foi assinalado pelo árbitro.

Cardozo não deveria ter feito o que fez, ninguém tem dúvidas sobre isso e ninguém aprova. Mas Pedro Proença teria de analizar melhor o contexto em que fê-lo. Cardozo não o fez por pura maldade ou para magoar o adversário. Mas o que não entendo é o porquê do árbitro ter então admoestado o jogador madeirense com o 2º cartão amarelo e consequente vermelho? Porque estaria certamente a fingir uma lesão, só pode. Então, na minha modesta opinião, Cardozo poderia ter recebido um merecido cartão amarelo e muito provavelmente o agarrão à camisola de Proença não teria acontecido.

A 2ª expulsão do Sport Lisboa e Benfica, a de Nemanja Matic, foi claramente estúpida e sem senso nenhum. As imagens mostram claramente que não houve qualquer agressão de Matic ao jogador madeirense e que este passa tempo a rebolar-se no chão, aparentemente cheio de dores.

Matic expulso v Nacional 2

Se na expulsão de Cardozo o Benfica não terá muita margem de manobra, com Matic de certeza que poderão reverter a decisão de jogos de castigo aplicados ao médio sérvio. Além disso, e como já foi noticiado pelo Nosso Clube, vai ser pedido um sumaríssimo ao jogador madeirense que simulou a agressão e forçou a expulsão de Matic. Se a Federação e/ou Liga derem razão ao Benfica, então o madeirense também terá de ser castigado com vários jogos pela conduta anti-desportiva.

O Lado Humano em Falta

As Ligas, Federações de Futebol e Associações de Árbitros saem-se sempre com a mesma mensagem de que os árbitros são humanos e, como todos nós, também cometem erros e não são perfeitos. Então porque não conseguem os árbitros ver cada situação com outros olhos e entender porque um jogador comete uma falta daquelas? Porque é que não podem simplesmente parar um jogo, seja por quanto tempo for necessário, e analizar a situação mais calmamente?

Além disso, porque é que não conversam calmamente com os jogadores e explicam-lhes exactamente o porquê de terem assinalado falta e/ou mostrado um cartão? Se tivessem esta atitude, aposto que teriam muito mais respeito por parte dos jogadores, adeptos e directores dos clubes. Veja-se o que se passa no Reino Unido, onde os árbitros conversam com os jogadores como pessoas adultas responsáveis e explicam o porquê das decisões. Assim se faz, assim se controla um jogo.

Na minha opinião, os árbitros portugueses deveriam ter aulas de comunicação e psicologia humana, para perceberem (melhor) o comportamento humano e principalmente dos atletas desportivos e incorporassem essa aprendizagem nos jogos. Porque embora todos os árbitros profissionais façam cursos oferecidos pela FIFA e Uefa, e cada um árbitro é diferente do outro, como é possível que exista tanta disparidade e diferença entre as arbitragens de cada país, se todos foram ensinados exactamente o mesmo?

Proença internacional

E porque é que os árbitros nunca são castigados ou punidos quando se prova que tiveram influência directa e grave num resultado ou determinada jogada? Porque  é que os relatórios dos jogos não são publicados online para que toda a gente possa ver exactamente o que se passou, segundo as palavras dos árbitros, em vez de circularem rumores do que realmente está ou não nos relatórios?

Jogadores, treinadores e mesmo dirigentes podem ser punidos e castigados (Jorge Jesus e Rui Costa são exemplos disso mesmo), mas não os árbitros. Porquê? São santos? Parece que é considerado blasfémia falar mal de um árbitro! Porque são tão protegidos? Se as Federações, Ligas e Associações fossem abertas e honestas, os árbitros não necessitariam dessa protecção. É como se para essas organizações tivessem duas medidas: os árbitros são humanos, cometem erros como todos, mas têm de ser protegidos na mesma! Não se entende.

Pedro Proença já tem uma história negativa quando arbitra jogos do Sport Lisboa e Benfica. E quem não se lembra do jogo que sentenciou qualquer hipótese do Nosso Clube conquistar a Liga, contra os portistas, na época passada? Dois golos validados, quando houve claras infracções contra a equipa encarnada. E o árbitro não foi punido, suspenso ou multado de forma nenhuma.

Proença manda calar

E que tipo de árbitro vem à imprensa dizer que é adepto do Sport Lisboa e Benfica? Que tipo de atitude profissional é essa, vindo de um árbitro internacional, aparentemente considerado um dos melhores do mundo? Não tinha nada que vir à praça pública dizer que era adepto fosse de que clube fosse! E foi punido, suspenso ou multado pela Federação, Liga ou Associação de Árbitros? Claro que não.

Este website foi criado para falar unicamente para falar e incentivar o apoio ao Nosso Clube, o Sport Lisboa e Benfica, e não de árbitros e do estado da nossa rbitragem em Portugal. Mas desta vez, não pude deixar de expressar a minha opinião, devido ao que aconteceu no Domingo. Agora, é só aguardar pelo número pesado associado à suspensão de Cardozo.

Força Benfica! Onda Positiva!